Prefeitura comunica corte de salários e chamada servidores que estavam liberados para o Sispumu

Prefeitura comunica corte de salários e chamada servidores que estavam liberados para o Sispumu


A decisão estaria baseada em legislação que determina que a qualquer tempo o Executivo pode rever a cessão de funcionários que forem disponibilizados a outros órgãos ou entidades.

Segundo o Sindicato, a interpretação é errada, pois no caso da entidade, os servidores são liberados, e não cedidos, como alega o governo municipal. 

Para o presidente da entidade a medida tem motivação política e quer desmobilizar os trabalhadores. O jurídico do Sispumu afirma que se o prefeito não aceitar o diálogo vai entrar com mandado de segurança para garantir a permanência dos servidores na direção do Sindicato.

Deixe seu Comentário