IAP pode notificar obras que estejam despejando resíduos no Lago Aratimbó

IAP pode notificar obras que estejam despejando resíduos no Lago Aratimbó


O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) está verificando e poderá notificar e embargar obras ou empreendimentos localizados no entorno do Lago Aratimbó, que estejam despejando ou direcionando irregularmente resíduos contaminantes ao meio ambiente naquela região.

A informação foi dada nesta semana pelo chefe do escritório regional do IAP, em Umuarama, Felipe Furquim De Oliveira, após uma denúncia de um ouvinte do Bianca News.

Segundo este ouvinte ao passar pelo local ele teria observado uma água branca que poderia ser proveniente de tinta ou outros materiais ligados à construção civil.

Notificação a Sanepar

Durante a entrevista concedida ao Bianca News nesta quarta-feira (22), o chefe do IAP também falou sobre uma autuação realizada na semana passada a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) após denúncias de despejo de esgoto de forma irregular no córrego Pinhalzinho em Umuarama.

Novas diretrizes

Felipe Furquim De Oliveira é advogado e assumiu o comando do escritório regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), em Umuarama, há pouco mais de três meses.

Além de Umuarama, o escritório também responde pelos munícipios de Alto Piquiri, Altônia, Brasilândia Do Sul, Cafezal Do Sul, Cruzeiro Do Oeste, Douradina, Esperança Nova, Francisco Alves, Icaraíma, Iporã, Ivaté, Maria Helena, Mariluz, Nova Olímpia, Perobal, Pérola, São Jorge Do Patrocínio, Tapira, Vila Alta.

Na entrevista ele também destacou o trabalho que está sendo realizada pelo órgão que é ligado a pasta de Desenvolvimento Ambiental e de Turismo do Paraná.

De acordo com ele intenção é unir a preservação ambiental com a desburocratização de licenças ambientais para o desenvolvimento regional.

Deixe seu Comentário