Presidente do Lar São Vicente de Paulo rebate declarações de Pozzobom e explica motivo licença

Presidente do Lar São Vicente de Paulo rebate declarações de Pozzobom e explica motivo licença


A presidente do Lar São Vicente de Paulo de Umuarama, que atende 80 idosos, Maria Aparecida Françolin, rebateu, nesta segunda-feira (3), as declarações feitas pelo prefeito Celso Pozzobom (PSC).

Em entrevista ao Bianca News na última quinta-feira (30) ao falar sobre as negociações do Termo de Colaboração entre a prefeitura e a Instituição, o chefe do Executivo deu a entender que a licença da presidente poderia ser uma manobra da Entidade para prejudicar as tratativas com a prefeitura.

Em entrevista exclusiva ao Bianca News nesta segunda-feira (3) ela esclareceu os motivos que a levaram a pedir licença no período de 1 de abril a 8 de junho.

De acordo com ela, mesmo estando ausente, teria sido informada de todas as decisões que foram tomadas no sentido de tentar viabilizar a manutenção do atendimento do Lar, que além da falta de recursos para a manutenção do atendimento também sofre com a interdição de espaços condenados pela Defesa Civil do Município.

Interdição

Nesta segunda-feira uma vistoria da Defesa Civil estava marcada para verificar a segurança da cozinha onde são preparadas as refeições.

O espaço, que já estava parcialmente interditado, teve as condições de seguranças pioradas depois das chuvas do fim de semana.

Além da cozinha outros espaços como a sala de fisioterapia e uma outra ala do lar já haviam sido   interditados por causa de rachaduras e risco de desabar.

Deixe seu Comentário