PDT apresenta nova executiva e converge para candidatura própria a prefeitura de Umuarama em 2020

PDT apresenta nova executiva e converge para candidatura própria a prefeitura de Umuarama em 2020


Faltando um ano e quatro meses para as eleições municipais de 2020, que vão escolher os novos prefeitos e vereadores dos 5.570 municípios brasileiros, já é grande a movimentação política em todo o país em função da construção de grupos e projetos políticos que sejam viáveis para a disputa eleitoral.

Em Umuarama, assim como nos demais municípios da região, nos bastidores as discussões já acontecem desde o fim do ano passado e deverão ser mais intensa a partir de agora.

Capitaneada principalmente pelo PDT (Partido Democrático Trabalhista), que nesta terça-feira (11) realizou a primeira reunião da nova executiva da agremiação, que passou por uma reestruturação em todo Estado, as discussões começam a desenhar o panorama da disputa política no ano que vem.

Para o presidente da comissão provisória do partido, vereador Deybson Bitencourt, a renovação na sigla é importante para a construção de novas lideranças e também para a oxigenação do processo político.

Em entrevista ao Bianca News nesta quarta-feira (12) o presidente do partido, que em poucas semanas volta a ser diretório municipal, falou sobre o novo momento da sigla em Umuarama e avaliou a convergência da executiva no sentido que o partido tenha candidato próprio a prefeitura de Umuarama em 2020.

PDT na prefeitura

Importante partido no contexto histórico-político da capital do Noroeste, a sigla já comandou o munícipio por várias vezes, as últimas entre 2009 e 2016, com o ex-prefeito Moacir Silva e, entre 1997 e 2004, com Fernando Scanavaca, que também esteve deputado estadual entre 2008 e 2019.

Além de apresentar a executiva, o novo PDT de Umuarama também convergiu, na reunião desta terça-feira, para que a sigla apresente candidatura própria à prefeitura de Umuarama nas eleições do ano que vem.

Apontado como virtual candidato a prefeito, o vereador Deybson Bitencourt disse que a partir de agora a intenção do PDT é fazer um grande diálogo com objetivo de construir e apresentar além de uma alternativa a população, também um projeto viável para uma possível disputa eleitoral.

Comissão provisória

Após a saída do ex-prefeito Moacir Silva, que migrou para o PSD, a sigla que já teve dois prefeitos em Umuarama, passou por uma reestruturação na cidade.

Filiado ao PDT desde 2011, o vereador oposicionista, que presidia a Juventude do PDT no Paraná, foi convidado a assumir o comando da sigla em Umuarama. Desde então ele vem buscando novas lideranças para juntarem-se a proposta do partido e construir uma alternativa a partir do diálogo.

Deixe seu Comentário