Empresa vencedora do Zona Azul deverá ser a que mais der lucro para o munícipio

Empresa vencedora do Zona Azul deverá ser a que mais der lucro para o munícipio


O governo municipal de Umuarama publicou no último dia 25 as correções do edital de licitação para a contratação de empresa que administrará o sistema de estacionamento rotativo de Umuarama, Zona Azul.

De acordo com o edital, os valores, tanto dos cartões quanto das notificações, que se não pagas podem resultar em multas de trânsito, sofreram, em média, 25% de aumento. O edital também prevê contrato de 15 anos com a empresa vencedora do processo que ocorrerá no dia 31 de julho.

O assunto ganhou repercussão imediata a partir do programa Bianca News e gerou manifestações de parlamentares na Câmara de Vereadores e comentários de usuários do sistema, assim como de comerciantes que temem que os valores cobrados pelo serviço inviabilizem o movimento do comércio.

Nesta quarta-feira (03), em entrevista ao programa, o procurador geral da prefeitura, Heber Lepre Fregne, afirmou que o edital foi construído para que o Zona Azul possa atender as necessidades dos usuários e para que seje rentável ao município.

Durante a entrevista o procurador pontuou as mudanças previstas com o novo sistema que será implantado a partir da contratação da empresa que gerenciará o Zona Azul e, antecipou, que se tudo ocorrer bem com o processo de licitação, o estacionamento regulamentado deverá entrar em funcionamento novamente a partir do final de agosto.

O município já acelerou os procedimentos necessários para operacionalizar o serviço de fiscalização a partir das mudanças que foram realizadas no sistema.

Deixe seu Comentário