Em implantação, Parque Tecnológico de Umuarama deve potencializar áreas de TI em pelo menos três setores

Em implantação, Parque Tecnológico de Umuarama deve potencializar áreas de TI em pelo menos três setores


A criação do Parque Tecnológico de Umuarama deu mais um passo importante na semana passada. Uma equipe do Separtec (Sistema Estadual de Parques Tecnológicos) de Curitiba esteve na Capital do Noroeste e validou o projeto de implantação.

A expectativa é de que em breve a cidade esteja integrada ao grupo de municípios que contam com polos tecnológicos em operação.

Em entrevista ao Jornal da Bianca nesta segunda-feira (29), o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Douglas Bácaro, falou sobre os próximos passos para o início das operações do Parque Tecnológico.

Turismo de negócios

Junto a implantação do Parque Tecnológico de Umuarama o município também busca desenvolver o turismo de negócios.

Segundo o secretário já está em andamento à licitação que será realizada para permitir que a iniciativa privada explore a operacionalização do Centro de Eventos, que deverá ficar pronto em 90 dias.

A intenção oferecer as condições para que a cidade possa receber grandes eventos de negócios do Paraná e do Brasil.

Aeroporto

Já o início da operacionalização do Aeroporto Orlando Carvalho está em fase final. Durante a entrevista o secretário confirmou que está mantida a data para o início dos voos comerciais em Umuarama.

Além de Umuarama/Curitiba, existe a expectativa de que a Azul Linhas Aéreas, que irá operar no terminal, ofereça Umuarama/São Paulo com escala em Dourados Mato Grosso do Sul. O pedido é da Sociedade Rural e também da Associação Comercial Industrial e Agrícola.

De acordo com o secretário ainda não existe uma decisão a respeito, mas o governo municipal deverá reforçar o pedido para que a linha seja viabilizada.

Os voos da Azul serão realizados com o avião ATR – 72.

Foto ilustrativa do Parque Tecnológico de Pato Branco.

Deixe seu Comentário