Multas para quem provocar incêndios em áreas de preservação ambiental podem chegar a R$ 10 milhões

Multas para quem provocar incêndios em áreas de preservação ambiental podem chegar a R$ 10 milhões


Dos 179 focos de incêndios registrados até o último dia 17, pelo menos duas dezenas deles foram registrados em áreas rurais ou de preservação ambiental.

Segundo o chefe do escritório regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), em Umuarama, Felipe Furquim De Oliveira, ao contrário do que muitos imaginam, as queimadas continuam proibidas e além de multas podem levar os autores a prisão.

Deixe seu Comentário