Mateus Barreto troca Cidadania por Podemos e poderá ser candidato a prefeito nas eleições do ano que vem

Mateus Barreto troca Cidadania por Podemos e poderá ser candidato a prefeito nas eleições do ano que vem


Eleito pelo PPS, em 2016, hoje Cidadania, o vereador oposicionista, Mateus Barreto, vai deixar a sigla no ano que vem. Ele deverá aproveitar a janela partidária que será aberta em março para migrar para o Podemos, antigo PTN.
A notícia foi dada em primeira mão pelo Jornal da Bianca nesta terça-feira (19). Durante a entrevista o vereador eleito pela coligação que apoiou a eleição do prefeito Celso Pozzobom (PSC) explicou os motivos que o levaram a decisão de deixar o partido.
Afirmou que a sigla, que será presidida por ele, vai trabalhar para construir um projeto que possa ser uma alternativa viável para a disputa eleitoral no ano que vem.
Segundo ele, a intenção é ouvir e dialogar com todas as lideranças, no entanto, não descarta a possibilidade ser o candidato, se houver uma convergência em torno do seu nome.
Podemos em Umuarama
Atualmente o Podemos de Umuarama tem nas suas fileiras nomes novos e tradicionais da política da cidade. A figura mais conhecida é o ex-deputado estadual e ex-prefeito Fernando Scanavaca, que migrou para a sigla depois de deixar o PDT.
O partido, que fez parte da coligação que elegeu o atual prefeito, rompeu as relações com o governo municipal por conta de divergências.
No entanto, parte da sigla continua na base governista, como é o caso da vereadora Maria Ornelas, que apesar de não ser líder do prefeito na Casa, mantem papel de liderança em muitos momentos.
Segundo o vereador, ele já conversou com algumas lideranças e quem quiser permanecer não partido será bem vindo.
Ainda durante a entrevista o vereador negou que sua saída do Cidadania tenha sido provocada por divergência com a atual Executiva do Partido, no entanto afirmou que não tem como permanecer em um lugar onde não estaria mais se sentindo a vontade.

Deixe seu Comentário